Taís Silva – Instituto do Câncer Infantil

Taís Silva

Meu nome é Taís da Costa Silva, eu nasci no dia 27 de agosto de 2009 e em dezembro de 2015 fui diagnosticada com osteossarcoma. Este tumor comprometeu o crescimento da minha perna direita, que não acompanharia o meu desenvolvimento. Por isso, para que eu tivesse mais qualidade de vida, tive que amputar parte da minha perna direita (desarticulação de joelho).

Recebi a notícia de que teria que amputar minha perna no dia 30 de março de 2016. Na época eu tinha 6 anos. Não entendi muito bem, chorei, mas minha mãe me falou que eu iria colocar uma prótese e poderia fazer tudo o que queria. Minha preocupação foi se minha família teria condições de adquirir uma prótese e se não faltaria dinheiro para comprar comida.

Tive momentos muito difíceis durante o tratamento, como para me alimentar, períodos na UTI e de internação em datas especiais, como o Dia das Mães. Por mais difícil que tenha sido, não deixei de estar de bom humor e de me maquiar. Coragem não pode faltar!

As quimioterapias terminaram em outubro de 2016 e, em dezembro do mesmo ano, coloquei minha prótese. Em 2017, dancei uma valsa em uma festa de 15 anos com o pai da debutante, retornei à dança em uma invernada do CTG e também fui homenageada no Rodeio Estadual da minha cidade, Paverama.

Hoje sou uma criança muito feliz, continuo dançando no CTG, faço natação, toco na banda marcial da minha escola e, em agosto de 2018, ganhei uma bicicleta de aniversário. Sigo alegre, dando força e coragem para quem estiver em minha volta. Com o apoio da minha família e do Instituto do Câncer Infantil, sou vencedora e muito feliz!

EnglishPortugueseSpanish