Projeto Maria Fernanda – Instituto do Câncer Infantil

Projeto Maria Fernanda

Projeto Maria Fernanda

Com o passar do tempo, e o desenvolvimento de novas terapias, as taxas de cura de câncer pediátrico vem aumentando muito. Sabemos que o tratamento é uma etapa muito difícil para os pacientes e suas famílias além de poder causar vários efeitos a longo prazo; e, por isso, há a crescente preocupação sobre a qualidade de vida dos pacientes sobreviventes ao câncer infantil.

O Projeto Maria Fernanda buscará avaliar os possíveis efeitos tardios do tratamento oncológico, tanto em relação a saúde e prevenção de doenças quanto a aspectos psicossociais. Além de implementar a avaliação genética, para no futuro proporcionar novos tratamentos e estratégias de acompanhamento personalizado. Queremos entender como estão os nossos antigos pacientes e poder ajudar aqueles que necessitem de algum auxílio e engajá-los à nossa instituição.

O projeto será executado contando com a participação do Núcleo de Atenção ao Paciente – NAP e Pesquisa Científica, com a coordenação do Dr. Lauro Gregianin e Dr. André Brunetto. Também conta com a colaboração do departamento de bioinformática da instituição e com a médica que conduzirá o projeto Dra. Luciana Dutra Martinelli especializada em Oncologia Pediátrica.

 

Legado especial

Maria Fernanda Davi Martins Costa nasceu em Porto Alegre em 1976, filha caçula de um total de cinco filhos. Graduou-se em psicologia pelo PUC e ao longo do curso foi voluntária e por alguns semestres trabalhou com pacientes assistidos pelo ICI, internados no Hospital de Clínicas. Maria Fernanda casou-se com Rafael e logo tiveram o Pedro, uma criança linda, cheia de vida, com cachinhos dourados e que traz o sorriso e a lembrança da sua mãe a cada minuto.

Sempre preocupada em ter boa saúde, Maria Fernanda levava uma vida saudável, mas descobriu um câncer gástrico, o que foi uma surpresa para todos. Mesmo abalada, a família se uniu e Maria Fernanda enfrentou a doença com muita coragem e lucidez até o fim. Foi uma luta de cerca de 9 meses, sempre tendo a família ao seu lado.

No dia 10 de abril de 2020, Maria Fernanda nos deixou. Ela era uma pessoa amiga, generosa, altruísta, realmente preocupada com causas sociais e com os que têm menos sorte na vida. Transformava essa preocupação em ação, envolvendo-se em projetos, em esforços coletivos para ajudar os que mais precisam. Jamais se omitiu diante de injustiças e em todas aquelas batalhas pelas quais acreditava. Maria Fernanda tinha um carinho muito especial pelo ICI, e através de uma doação expressiva do seu irmão Rafael Martins Costa, eterniza seu legado ajudando a causa.

 

Expectativas

Ser um projeto pioneiro na América Latina, no âmbito do câncer infantojuvenil, a fim de promover conhecimento e novas estratégias terapêuticas para os efeitos tardios e suas consequências psicossociais dos pacientes e seus familiares.

PortugueseEnglishSpanish